Atrás das paredes da vida

Em buscas de elementos que possa me dar sentido 
para a vida de ondas impulsivas 
Sustento-me e me movo pelas águas
adormecidas nos leitos da imaginação
Planeta água, fonte do profundo grotão
Ela está lá, na poupa de uma embarcação
ser mitológico encantando com seus cantos
de doçura e sedução.
Mas hesitar, ondular para flutuar nas
ondas do seu encanto.
Buscar horizontes e metas de superação
Essa é a linha de chegada
Sustenta-se e mover-se pelas águas
turvas pelos impulsos musculares
Atrás destas paredes, que me prendem
está a praia, as ondas e o mar horizonte.
Barulhos cristalinos em fórmulas
para não ficar careta, mostrar para milhões
Juntos, cultuam a beleza desta imaginação
dos meus impulsos lineares.
“Encantado” na linha de chegada
Horizonte alcançado.

Deixe uma resposta